• Beatriz Galindo

Posso agravar quando o juiz declina a competência?


Abriram a porteira!


O art. 1.015 do novo CPC não prevê a possibilidade de agravo de instrumento contra decisão que declina a competência, e como sabem, esse artigo tem um rol taxativo. Ou seja, se a sua decisão não está especificada nele, não cabe agravo!


Mas a vida não podia ser tão simples….


Os grandes processualistas Leonardo Carneiro da Cunha e Fredie Didier Jr. começaram a defender o cabimento do Agravo em casos de decisões que tratem da competência, dentre outros casos [1].


Hoje tomei conhecimento que o TRF-2ª Região, aplicou esta tese para admitir agravo contra uma decisão que declinou da competência [2].


O processo é eletrônico, então consultem, porque é interessante. Também recomendo o artigo do Leo e do Fredie.



Referências: 1. “Agravo de Instrumento contra decisão que versa sobre competência e a decisão que nega eficácia a negócio jurídico processual na fase de conhecimento”. Revista de Processo vol. 242 2015 | p. 275 – 284 | Abr / 2015DTR\2015\3682.


2. Agravo de Instrumento nº 0003223-07.2016.4.02.0000. Turma Espec. II – Tributário – Decisão monocrática do Des. Fed. Luiz Antonio Soares.

1 visualização

CONTATOS

CONTATO
RIO DE JANEIRO
NITERÓI

Email: contato@beatrizgalindo.com.br
Tel: (21) 3030-3150

Lagoa Corporate

Rua Humaita, 275, sala 710

Humaita - Rio de Janeiro - RJ

Círculo Offices

Rua Otávio Carneiro, 100, sala 908 - Icaraí - Niterói - RJ

Beatriz Galindo | Advocacia  |  OAB/RJ 160.419